Eu perdi as contas de quantas vezes em que você está no celular comigo...

lacera-r:

Eu perdi as contas de quantas vezes em que você está no celular comigo rindo e brincando, eu chorava baixinho pra você não me escutar, eu ficava te ouvindo e pensando que iria chegar uma dia, um maldito dia em que nada seria igual antes e eu não poderia ter nada disso, essa tua risada gostosa e 

essa tua voz,  eu não iria sorrir como antes, não iria poder te ligar sem mais nem menos e dizer que te amo, e você é a melhor coisa que já tinha acontecido na minha vida. Estou chorando agora, se ao menos soubesse o quanto está doendo a falta que você me faz. Tantas vezes desesperada na escola te liguei, tantas vezes deixei de sair de te contar minhas dores para ficar com você e ouvir as suas, tantas vezes me ligou para ficar comigo em um dia ruim, e eu te dizia que não importava como teria sido o meu dia, terminar estando com você da maneira que fosse, só de saber que estava ali, cuidado de mim e que estava bem, fazia o meu dia valer a pena. Hoje eu te guardo como aquela lembrança, uma bem dolorosa, porém foi a maior em que eu vivi, não havia solidão, eramos só nós dois e todo o resto, te guardo meu bem, mesmo que o seu destino não esteja escrito para estar comigo, siga feliz. Só que por favor, não esqueça de mim, de nenhuma palavra que eu te disse, porque nunca menti, sempre foram as mais sinceras, vindas lá de dentro mesmo. Nunca te abandonarei, mesmo que essa saudade me corroa, de te ter todos os dias e sentir sua falta, não poder te dizer todas as coisas que meu pensamento grita, coisas que deveria ter dito enquanto havia tempo. Me guarde também, como aquela lembrança mais bonita, de uma simples garota que nunca te desejou mal algum, ela só soube te amar e se importar com você,  se cuide.

5 notes - reblog

As vezes o que a gente mais quer, não acontece. E algumas vezes o que não espera, acontece. A gente conhece milhares de pessoas, e nenhuma delas te toca realmente. E então, conhece uma pessoa e sua vida muda pra sempre. 

Love and Other Drugs

19 notes - reblog